Um estilo super nada a ver…com o meu.

6 out
      Eu tenho uma birra com o tipo de roupa que eu visto. Abomino calça jeans, odeio tudo nela, como ela cai quando eu emagreço, como ela fica no meu corpo definitivamente, não sou uma jeans girl. Como também abomino qualquer tipo de calça. Meu estilo pode se definir como um encontro entre Blair Waldorf e Serena van der Woodsen (porque eu nem sou APAIXONADA por Gossip Girl hahah). Eu amo as saias de cintura alta da Blair e os sapatos que ela usa, e na Serena eu adoro como ela super arrisca decotes generosos como se estivesse andando de jeans no Central Park. E super digo, eu não uso calça, pra ter ideia, meus jeans se encostaram nos cabides e não saem mais, eu tiro e devolvo, é assim constantemente.

      Mas o motivo desse post não é falar que o meu estilo é Blair + Serena, mas sim mostrar minha mais nova paixão, a Rumi Neely, dona do blog Fashiontoast, minha inspiração para as roupas que eu vou na escola, e que me faz as vezes (sorry Blair) fugir do meu estilo padrão. E vendo o blog dela hoje, vi essa marca chamada Lonely Hearts e eu achei as roupas uma graça, claro que bem o estilo da Rumi, mas eu olhava algumas coisas e pensava ‘ah isso eu usaria’, ‘aquilo também’.

Foto: fashiontoast.com

 (foto da coleção atual da Lonely Hearts)

      Na verdade, eu acho que assim, claaaro que meu estilo é NUNCA largar meus vestidos e saias de cintura alta (que já são 6), mas eu olho e as vezes tenho vontade de sair de legging e bota ou (me matem agora) UGG Boots, porque na verdade claro que eu sempre me arrumo até pra ir no supermercado (é horrível mesmo mas vaidade é uma péssima qualdidade), e sei que tem gente que pode pensar nossa mas que chato é tudo tão igual, mas não é, porque a cada dia eu mudo, o colar, a bolsa, o sapato, por que eu acho que todos temos um estilo, onde é o seu jeito de se expressar no mundo e super não ligo pro pensamento dos outros, já que eles tendem a te deixar pra baixo, porque óbvio você (na verdade eu, com meus 16, cara de 20) vai ser uma super estranha andando pelo shopping de saia de cintura alta e sua amiga de jeans e tenis, mas isso é que é ter o seu estilo próprio, saber se mostrar e se destacar em um mundo onde todo mundo é tão… igual, o mesmo, que fica até chato.

      Isso é ter estilo é saber ousar, e saber diferenciar uma peça que todos estão cansados de te ver usando e quando você chega fica todo mundo ‘nossa, mas como ficou legal e nem parece que é aquela saia velha’. Não importa que você tenha uma ou trezentas saias de cintura alta, ou que seu closet seja recheado de Christian Loubotin e Pradas, porque o que importa e o que o seu estilo é definido mesmo, é o seu jeito de saber fazer uma peça ser mil, e essa mesma peça não parecer a mesma, por que com um pouco de tutano (já dizia minha mãe) e tempo (nem 5 minutos) você pode ter um look igual ao da Louis Vuitton Resort 2010 e com aquela saia velha.

      Ai o lema do blog fica bem claro. Já que ousar é o melhor a se fazer. E é mesmo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: