Bombshelling

7 jan

Durante muito tempo, a moda exigia para que modelos já magras serem mais magras ainda, quando um belo dia uma modelo morreu de anorexia devido a pressão que ela recebia para ficar magra (isso quando ela ja devia ser) e mais magra, e mais magra, todos acharam um absurdo mas na verdade, a mídia pressionava tantas modelos que não só essa como outras também morreram. Esse tempo passou, e atualmente vivemos em um mundo onde, estilistas e agências de modelo, exigem que a modelo seja x kilos para que possa desfilar ou entrar na agência, a série Mad Men foi lançada com a bombshell Chrstina Hendricks e a família Kardashian mostrou que o bandage dress pode e deve ser usado por todas, só escolha os acessorios certos.

Mas nessa época com bombshells, voluptosas e mulherões já não foi vista antes? Sim! A época das pin ups, lá pelos anos 50 e 60, reinava com mulheres de pernas grossas, peitão e que tinham todas as proporções de mulheres normais. Nessa época mulheres como Brigitte Bardot e Marilyn Monroe eram adoradas por mulheres (desejando o sucesso e os homens que andavam a tiracolo) e por homens que desejavam cada milímetro do corpo delas. Estranho, não? Na realidade, isso de estranho não tem nada, tanto que na Elle America de Dezembro/10, Paul Marciano, co-fundador da Guess disse: “: I don’t get how a man can be attracted to that flat-as-a-table, skinny-as-a-sticky-look. I personally think that women should look like women.” e não é que o danado tá certo em todas as palavras que ele disse? Mulher tem que parecer com mulher, não com uma tábua e hoje, graças a todos os deuses, mais e mais modelos non-flat-as-a-table são aceitas no mundo fashion, tanto que em uma temporada de America’s Next Top Model a ganhadora foi uma voluptosa que usa calça jeans tamanho 40 ou 42, com todos os atributos que uma mulher tem e deve ter. Nossas principais bombshells são: Christina Hendricks, Kim, Khloe e Kourtney Kardashian, Kate Mulder, Marilyn Monroe e Brigitte Bardot.

Christina Hendricks assumindo todo seu tipo mulheril (puxei do meu pai haha) de ser.

Khloe, Kimberly e Kourtney Kardashian.

Kate Mulder.

Brigitte Bardot.

Nos anos 50 e 60 época de Brigitte e Marilyn (foto dela disponível nesse post: https://fashionmeetsme.files.wordpress.com/2010/12/marilyn-monroe-711.jpg)  bombshells eram mulheres desejadas por homens e mulheres. Na nossa época a regra não mudou muito, apenas foi ajustada devido aos nossos atuais padrões de mulher. Ser uma bombshell é comportar no seu corpo o tipo de mulher que não é a magra esquelética que vimos geralmente, a mulher pressionada pela mídia. E não é porque voce não tem esses atributos que tem que pensar que é uma pessoa feia, já que sempre estaremos insatisfeitas com alguma coisa no corpo, seja por não ter traseirón ou por ter muito peito. Pense naquela teoria das lisas que querem ser onduladas e das onduladas que lutam para o liso perfeito. A história do corpo se aplica a isso, por que sempre a nossa amiga despeitada vai querer ter o nosso peito avantajoso, e isso SEMPRE (pelo menos, desde que me conheço como gente) vai acontecer.

2 Respostas to “Bombshelling”

  1. monica 7 de janeiro de 2011 às 07:46 #

    belo post, manu! mas eu ainda acho todas estas mulheres beeeem magras… so nao sao esqueleticas ou de proporçoes impossiveis, como a gisele – afinal quem tem peito grande e quadril mini, sem ter silicone? ela faz sucesso tb pq e uma raridade! mas de qq maneira, ver mulheres um pouco mais normais deixa a gente mais tranquila – afinal nos e q somos as reais, e nao aquelas das passarelas ou dos photoshops…

    • Manu Meirelles 8 de janeiro de 2011 às 01:58 #

      pois é também acho. o que acontece é que claro aqui a notícia da magreza extrema não deu o ar de sua graça, por que lá fora pode observar que são poucas as modelos que são magras a lá gisele (e li hoje no jornal que em cirurgia plástica o corpitcho da gisele, sai em disparada por corpos pedidos hahaa) e claro elas são magras mas isso vai mudar, tenho CERTEZA! hahahha precisa né? mulher tem que ter cara de mulher, não cara de uma tábua.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: